Um levantamento do Sebrae aponta que os empreendimentos ligados à área de beleza pessoal estão entre as atividades mais prósperas de 2018. Isto é uma ótima notícia para quem gosta da área de Saúde, Beleza e Bem Estar e pensa em abrir o próprio negócio.

A questão é, como abrir? Se aventurar sozinho ou seguir em parceria com uma rede de franquias?

Os dois caminhos podem trazer bons resultados, mas é preciso comparar algumas situações:

– Tenho conhecimento na área ou preciso buscar um know-how já testado e aprovado?
– Quero fazer tudo do meu jeito ou quero fazer parte de uma rede com cultura colaborativa?
– Tem alguma marca no mercado que me encanta com sua proposta e jeito de ser? Como funcionaria no meu mercado?
– Qual a demanda, necessidade do meu mercado?

A diferença é que quando você decide se aventurar sozinho, tudo depende de você: Estratégias de marketing, experiência do cliente, pesquisas de mercado, branding, inovação e as tarefas do dia a dia que nem vou citar aqui.

Quando resolve seguir em parceria com uma marca, cada parte tem seu papel muito bem definido. Caso os valores e expectativas estiverem alinhados, vocês se tornam uma coisa só. Costumo brincar que é como casamento. É um relacionamento de confiança em que ambos precisam estar bem, todos precisam ganhar e fazer o cliente feliz.

Na Depyl Action, temos uma história de 22 anos de parceria com nossos franqueados e construímos juntos um mundo sem discriminação. O cuidado entre as pessoas é uma realidade em todos os níveis: franqueados, colaboradores, fornecedores e, principalmente, clientes.

As duas formas de empreender oferecem riscos, porém o percentual de lojas que prosperam no franchising ainda é maior. Segundo a ABF (Associação Brasileira de Franchising), em 2013 eram 114mil unidades franqueadas, em 2016 foram registradas mais de 142mil. Ou seja, um crescimento de 25% em número de unidades.

Falando do mercado de beleza e estética, ele está repleto de bons profissionais e a todo o momento surgem novos procedimentos e técnicas. Um dos segredos do sucesso está em buscar o seu diferencial e sempre zelar por ele. Foco no cliente, sempre!

Acredito que o principal ponto para fazer a escolha entre empreender sozinho ou contar com uma marca já consolidada, é colocar na balança e avaliar se está pronto para abrir seu negócio, literalmente do zero, ou se prefere compartilhar um sonho e caminhar junto, lado a lado. Sucesso!

Fonte: Portal do Franchising

www.portaldofranchising.com.br