Tem gente que de cara desconfia de como podem existir franquias que são baratas e lucrativas ao mesmo tempo.

Elas existem sim! Só que para ser lucrativa vai depender muito mais de você.

Isso mesmo meu amigo, as franquias baratas e lucrativas são o desejo de muitos, mas só quem trabalhar duro é que vai conquistar o pote de ouro.

As redes de franquias tem inúmeras vantagens, se comparadas a abrir um negócio do zero, mas nos dois casos você vai empreender, e isso exige muito foco e esforço.

Quando a pessoa pensa em empreender, se ela não tiver uma boa ideia que queira botar em prática, de cara ela começa a procurar bons negócios para tocar, e muitos acham que as franquias são a solução para tudo, mas não é bem assim.

Primeiro vamos falar alguns pontos sobre empreender, sobre ser dono do próprio negócio, principalmente para quem sempre foi funcionário, porque dá muito trabalho e é muito mais difícil, sabe por que?

  • A pressão é muito maior
  • Você tem que investir na empresa o tempo todo
  • Você não tem garantia de ter salário, retirada, ou pró-labore todo mês
  • A responsabilidade é toda sua
  • Mais do que saber contratar e liderar pessoas, você tem que inspirar elas
  • O Brasil, infelizmente, dificulta demais a vida do empreendedor

A lista é bem maior, e não estou falando para te desanimar, é somente um alerta para você saber que vem chumbo grosso pela frente.

Começar do zero isso tudo é bem pesado, e é nisso que as franquias amenizam um pouco as coisas, porque o negócio está pronto, a sua habilidade é em saber operar o dia a dia e se tornar um franqueado de sucesso dentro da rede.

Agora falando de franquias, se você vai comprar uma e não tem tanta grana, nunca pense em usar, por exemplo, todo o seu fundo de garantia para comprar uma. Você pode usar uma parte dele, jamais todo. Ou seja, nunca use todas as suas economias para investir numa franquia ou num negócio qualquer, o risco é gigantesco, e você precisa sobreviver, pagar suas contas pessoais.

Além de se perguntar se existem e procurar por franquias baratas e lucrativas, é ainda mais importante você saber quais franquias são boas para você, para o seu perfil.

A busca geralmente começa pela sua situação financeira, ou seja, você não vai procurar uma franquia de 500 mil reais, se você tem um poder máximo de investimento de 200 mil.

Depois disso você vai pensar: poxa, quero abrir uma franquia aqui no bairro mesmo, assim minha qualidade de vida vai ser bem melhor.

Pronto, só com esses dois fatores já dá pra começar a brincadeira. Você sabe quanto tem pra gastar e onde quer montar o negócio. Ao longo da busca, em paralelo, você poderia começar a pesquisar no bairro, um tipo de negócio que a região precise, que tipo de trabalho você gosta de fazer, se você quer abrir algo na rua, no shopping, ou trabalhar em casa, e por ai vai.

Quanto maior o auto-conhecimento sobre o que você quer, gosta e precisa, melhor será a escolha. Digo mais, melhor será a conversa que você terá com as diversas franquias que vai entrar em contato, porque você saberá fazer as perguntas corretas e eles saberão identificar melhor se você tem o perfil desejado para o negócio deles ou não.

Franquia não é o milagre nem a solução para os seus problemas financeiros.

Lembre-se, você vai empreender, vai ralar muito para ganhar dinheiro, não é fácil, mas se você entrar nessa já sabendo as dificuldades que é ser um franqueado, a chance de sucesso é muito maior.

Falar em franquia barata é muito relativo, o que é barato para um pode ser caro para outro, mas em geral as franquias até 100 mil reais, são consideradas as mais acessíveis.

Atualmente, o mercado brasileiro tem mais de 2800 marcas franqueadoras, e temos todos os valores de investimentos imagináveis, para você entender como é calculado esse valor, veja a tabela abaixo:

Valor Mínimo – R$ Valor Máximo – R$
Capital para instalação 40.000 100.000
Taxa de franquia 25.000 60.000
Capital de giro 11.000 33.000
Investimento Total 76.000 196.000

 

Agora falando em franquias lucrativas, essa parte é mais complicada. O lucro, como todos sabem, é pegar a receita ou faturamento da empresa, pegar as despesas, e subtrair, se sobrar alguma coisa é porque deu lucro, se não sobrar, ou pior, a despesa for maior que a receita, ai deu prejuízo.

Muitos empresários fazem um erro clássico, que é colocar despesas pessoais nas contas da empresa. Por exemplo, pagar a escola dos filhos pela empresa, essa é uma despesa do dono e não da empresa, mas ela vai entrar como despesa e ai você vai ver o seu lucro diminuir.

Parece bobo, mas o erro é grave, porque afeta todos os números, então tome cuidado com esse tipo de coisa.

Novamente, empreender não é fácil, e você não pode subestimar isso, então a melhor saída é se capacitar para isso. Fazer cursos, conversar com pessoas, ler, enfim, tudo que te ajude a tocar melhor seu negócio.

Fonte: Portal do Franchising

www.portaldofranchising.com.br

Para te ajudar a busca pelas franquias baratas e lucrativas:

Fale conosco:
Whatsapp: +55 21 99494-3013
Matriz: 21 3085-6408
Email: contato@riback.com.br
Site: www.riback.com.br