É comum a realização de auditoria em condomínios, principalmente no início do ano ou em uma mudança de gestão. Ela é importante para manter o planejamento financeiro em ordem e evitar fraudes, devendo ser realizada por uma empresa que não seja atrelada aos moradores ou ao síndico do condomínio, para garantir a imparcialidade.

A auditoria emergencial é aquela que é contratada quando já existe algum problema e é necessário verificar onde ele ocorreu. Chamamos preventiva a auditoria que busca evitar que ocorram adversidades, ou seja, aquela que visa uma gestão mais transparente do início ao fim.

Confira agora os 3 principais motivos para realização de uma auditoria especializada em seu condomínio:

1. Descobrir fraudes

Fraudes, geralmente, acontecem quando não há fiscalização e controle das contas. Se existir suspeitas a esse respeito, deve-se contratar uma auditoria emergencial para investigação.

É necessária a verificação de todas as notas emitidas com relação a serviços, compras e despesas, averiguando a autenticidade desses documentos.

Condôminos inadimplentes precisam ser analisados para que não haja acordos com descontos diretamente com o síndico ou a administradora, prática danosa que impede que a verba seja repassada ao condomínio.

Outra ocorrência que deve ser sempre justificada é a realização de saques na conta bancária do condomínio, para saber os motivos pelos quais foram feitos e a quantia retirada.

2. Controlar os gastos

O síndico sempre deve prestar contas a respeito dos gastos realizados no condomínio. Tudo precisa ser colocado na ponta do lápis: salário dos funcionários, reformas e benfeitorias, contas a pagar etc.

Deve-se tomar cuidado com problemas que, infelizmente, são mais comuns do que se imagina, como, por exemplo, o superfaturamento das despesas e a criação de falsas demandas por bens e serviços. Essas práticas prejudicam, e muito, a saúde financeira de um condomínio.

Altas bruscas nos valores pagos e/ou diminuição da qualidade dos serviços prestados devem ser sinais de alerta para que o conselho condominial exija esclarecimentos e solicite a auditoria imediatamente.

Outra dica importante é que pessoas ligadas ao síndico ou à administradora não sejam contratadas para realização de serviços no condomínio, de modo a evitar favorecimentos e desvios de valores, auxiliando também a encontrar o melhor orçamento disponível no mercado.

3. Manter a ordem

É claro que é importante descobrir fraudes e reparar erros através de uma auditoria, mas melhor ainda é manter tudo em ordem, não é verdade?

Para isso, é indicada a auditoria preventiva, na qual deverá ser definida uma administradora de confiança para cuidar das contas do condomínio. Dessa maneira, os moradores saberão que as despesas sempre serão submetidas a avaliações técnicas especializadas e cuidadosas.

Profissionais realizarão perícias minuciosas, de modo a oferecer subsídios para que o conselho condominial aprove as contas antes de seu pagamento por parte do síndico.

Dessa maneira, a relação de confiança entre o conselho e o síndico pode ser estabelecida de forma saudável e amigável para o bom convívio entre os moradores.

Temos uma equipe especializada e competente que para atendê-lo e ajudar a solucionar todas as suas dúvidas.