O aumento das demandas por bens e serviços, a necessidade de manutenção e modernização de elevadores, fachadas e sistemas de segurança, entre outros, e a busca pela valorização patrimonial acabam pressionando os custos condominiais.

 

Os síndicos e administradores começam a buscar formas de racionalizar os gastos, torná-los mais produtivos, de maneira a evitar pressão de alta sobre os rateios ordinários e extraordinários pagos pelos condôminos.

 

Segundo Artur Riback, gestor especializado em auditorias de contas em condomínio, o apoio externo especializado ajuda a identificar eventuais desvios, fraudes ou mesmo casos de má administração.

A profissionalização do controle financeiro e a maior transparência nos gastos podem contribuir para um melhor aproveitamento dos recursos financeiros.

 

Segundo ele, a auditoria pode ser tanto “emergencial” (“também conhecida por punitiva ou apurativa”) quanto “preventiva”.

 

Artur comenta que “a constante movimentação de dinheiro e contas aumenta a possibilidade de erros e omissões”, situações que podem “lesar o condomínio”. “Com uma verificação de contas, pode-se chegar ao responsável e até destituí-lo do cargo, além de acionar a Justiça para ressarcimento dos prejuízos ocorridos.

 

O auditor será capaz de apontar práticas como concessão de descontos indevidos; direcionamento de compras para determinados fornecedores; superfaturamento; criação de falsa demanda para compra de bens ou serviços; e desvios de recursos acobertados por documentos falsos”, enumera o gestor.

 

O especialista aponta que o serviço do auditor exige conhecimento atualizado sobre legislação, como as fiscais e trabalhistas, por exemplo; domínio de recursos tecnológicos e de técnicas de investigação; entrevistas para levantamento de informações e dados; além da avaliação e elaboração de relatórios.

 

A periodicidade da análise das contas depende do porte do empreendimento. Pode ser semestral ou anual, ou mesmo ser contratado apenas no final de gestão de um síndico, com intuito de passar a gestão para o próximo síndico com transparência.

Objetivo
A finalidade de um trabalho de auditoria em um condomínio é certificar que as contas, tanto de entrada de recursos como de pagamento de despesas, estejam suportadas por documentos hábeis e de acordo com o orçamento aprovado em assembleia.

Quem contrata?
Os trabalhos de auditoria, na maioria das vezes, são solicitados pelos conselheiros e algumas vezes pelo síndico que busca uma segurança de que seu serviço está sendo bem feito.

Áreas auditadas
Em um condomínio, são os de pagamento das despesas básicas, como salários e encargos (com base na CLT), de contratos de terceirização (limpeza, segurança, portaria, jardinagem), de contas de consumo (energia e água), de serviços de manutenção (por exemplo, elevador), além de compra de materiais, entre outros.


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /var/www/html/riback.com.br/web/wp-content/plugins/visual-form-builder/public/class-form-display.php on line 241

Fale conosco para um orçamento sem compromisso:

 

Verificação

  • Submit